Consumidor capixaba já pode economizar com aplicativo Menor Preço

COMPARTILHE:

Os capixabas ganharam um poderoso aliado para economizar na hora de ir às compras. Isso porque o Governo do Estado - por meio da Secretaria da Fazenda - lançou, nesta terça-feira (20), o aplicativo Menor Preço. Com ele será possível comparar o preço de diversos produtos em estabelecimentos comerciais em todo o Estado. No final da pesquisa, o aplicativo ainda orienta como chegar ao local escolhido.

A solenidade de lançamento aconteceu no Palácio Anchieta e contou com a presença do governador Paulo Hartung, do secretário de Estado da Fazenda, Bruno Funchal, de representantes do setor varejista e do presidente da Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), Jacson Carvalho Leite, representando o Governo do Paraná (PR), que desenvolveu o Menor Preço, em 2016.

“Esse aplicativo é mais uma demonstração do que as novas tecnologias possibilitam para a sociedade e o setor público. É uma medida para auxiliar os consumidores capixabas. Também por meio desta ferramenta poderemos combater a concorrência desleal feita com sonegação fiscal. É uma ferramenta que irá ajudar o cidadão e os comerciantes”, ponderou o governador Paulo Hartung.

O sucesso do aplicativo chamou a atenção do Governo do Espírito Santo que, em outubro de 2017, assinou um protocolo de intenções com o Governo do Paraná para trazer a ferramenta para o Estado. Com isso, o Espírito Santo passa a ser o primeiro a replicar a tecnologia paranaense.

Além de ser uma prestação de serviços à sociedade, o Menor Preço estimula a concorrência no varejo e combate a sonegação fiscal. Dessa forma, o aplicativo permite ganho efetivo do consumidor na hora das compras.

O secretário Bruno Funchal ressaltou que o Menor Preço é uma forma de o Governo do Estado, que fez o dever de casa em relação ao equilíbrio das contas, ajudar as famílias capixabas a também fazerem isso. “O Menor Preço vai ajudar o consumidor a pagar mais barato, mostrando quais estabelecimentos estão cobrando mais ou menos pelo mesmo produto. Isso estimula a concorrência no varejo. Para o Governo do Estado o aplicativo também é importante, uma vez que vamos ter o cidadão participando mais desse processo, pedindo a nota fiscal. O comércio, por sua vez, vai querer emitir nota fiscal, porque ele vai participar do aplicativo e fazer um marketing do próprio estabelecimento. Ou seja, temos um conjunto de boas características para o Estado, para os contribuintes e para o cidadão”, afirmou.

Funchal também destacou a importância da parceria com o estado do Paraná para a implantação do Menor Preço no Espírito Santo. “Desde o primeiro momento o Governo do Paraná, por meio do secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo, se colocou à disposição para realizarmos uma cooperação. A partir daí iniciamos essa parceria e vimos como a Celepar vem trabalhando em uma melhora constante da ferramenta”.

O presidente da Celepar, Jacson Carvalho Leite, afirmou que a parceria com o Espírito Santo está abrindo a discussão de um modelo de integração nacional do aplicativo. “O Espírito Santo é um estado muito evoluído tecnologicamente e tem um governo digital de alta qualidade. No momento em que estabelecemos uma integração de ações conjuntas para a gestão pública, é vital para o Paraná o exercício desse projeto piloto, no qual o Espírito Santo vai desenvolver ainda mais a atividade e vai possibilitar que melhoremos cada vez mais a evolução do Menor Preço”, frisou.

Fácil de usar
Disponível gratuitamente para usuários de smartphones nas plataformas iOS e Android, o Menor Preço compara o quanto custa um mesmo produto em diversos estabelecimentos. Os preços são atualizados em tempo real, com base nos registros das Notas Fiscais do Consumidor Eletrônica (NFC-e). Atualmente, no Estado, 40 mil estabelecimentos já aderiram à NFC-e e emitem uma média mensal de 7 milhões notas fiscais.

Entre os produtos disponíveis para consulta no Menor Preço estão os alimentícios, medicamentos, combustíveis, higiene e beleza, vestuário, brinquedos e outros.

Para fazer o comparativo, o consumidor faz a leitura do código de barras do produto que pretende pesquisar ou digita o nome do que procura no campo de busca. O aplicativo também fornece o mapa de localização, o endereço e o trajeto até o estabelecimento escolhido pelo cliente. O usuário pode compartilhar com outras pessoas o resultado da sua busca.

O Menor Preço também permite a criação de listas de produtos, para que o consumidor verifique onde cada item de sua compra está mais barato. Com a lista salva, é possível procurar todos ao mesmo tempo. Para utilizar essa opção é preciso fazer cadastro no site do Programa Nota Paraná (www.notaparana.pr.gov.br). Em breve será possível fazer o cadastro via Facebook ou Google.

O usuário pode estabelecer critérios na hora de fazer sua pesquisa, como a distância entre ele o estabelecimento e a data em que o produto foi vendido. Para consultas simples não é necessário ser cadastrado. O histórico da pesquisa realizada e a variação de preço do produto ficam registrados.

Downloads
No Paraná, desde seu lançamento, o aplicativo teve mais de 604 mil downloads e mais de 35 milhões de acessos (registrados via google analytics), e obteve nota de referência 4,1 na Google Play e de +4 na Apple Store, em mais de 2.045 avaliações.

Em 2017 o Menor Preço foi um dos vencedores da 16ª edição do Prêmio Excelência em Governo Eletrônico (e-Gov 2017), na categoria e-Serviços Públicos, entre os 89 projetos inscritos. O prêmio tem por objetivo reconhecer e incentivar o desenvolvimento de projetos e soluções de governo eletrônico nas administrações públicas federal, estaduais e municipais.


Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica
A Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) é a versão totalmente eletrônica dos atuais documentos fiscais em papel utilizados no varejo. A NFC-e abrange, exclusivamente, operações comerciais de venda no varejo a consumidor final, de forma presencial ou para entrega em domicílio, ocorridas no Estado. Apesar da obrigatoriedade de credenciamento ao sistema, o início da emissão da nota fiscal neste novo modelo pode acontecer até o dia 31 de dezembro, em razão de contribuintes possuírem o aparelho ECF.

Saiba mais sobre o Menor Preço
O que é: Aplicativo criado pelo Governo do Paraná que compara, pelo celular, preços de diversos produtos comercializados em estabelecimentos que já emitem a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e).

Pioneirismo: O Menor Preço é um aplicativo inédito e o Espírito Santo é o primeiro Estado a replicar a tecnologia paranaense

Base de dados: A base usada para o aplicativo são informações contidas nas NFC-e emitidas pelos estabelecimentos varejistas.

Atualização dos dados: Os preços são atualizados em tempo real, ou seja, assim que a nota fiscal é emitida, o valor do produto é carregado para o Menor Preço.

Estabelecimentos participantes do Menor Preço: Todos os estabelecimentos que emitem NFC-e. Atualmente, no Estado do Espírito Santo, são mais de 40 mil estabelecimentos.

Credenciamento de estabelecimentos: A participação no Menor Preço acontece de forma automática assim que o contribuinte começa a emitir NFC-e.

Funcionalidades
  • A busca inclui produtos desde eletrônicos até preços de combustível
  • É possível consultar preços de estabelecimentos em todo o Estado
  • A consulta é feita por código de barra ou apenas pesquisando pelo nome do produto.
  • Pode criar uma lista de produtos e pesquisar em diversos estabelecimentos
  • Também é possível filtrar preços por valor mínimo e máximo, distância e data da venda.
  • Feita a escolha do estabelecimento, o aplicativo mostra o mapa, os locais mais próximos e o caminho a ser seguido para chegar ao endereço.
  • Também é possível compartilhar com amigos o resultado da busca.

Cadastro de usuário: Para pesquisas de preços simples não é necessário cadastro, mas para criar listas de compra antes é preciso fazer o cadastro do usuário no site do Programa Nota Paraná www.notaparana.pr.gov.br. Em breve será possível fazer o cadastro via Facebook ou Google.

Abrangência: O Menor Preço está disponível em todo o Estado do Espírito Santo. Mas, para efeito de pesquisa, o raio de abrangência é de até 20 quilômetros de onde está o usuário, que pode optar por reduzir essa distância.

COMENTÁRIOS

Nome

AGENDA,267,AGRICULTURA,11,ARACRUZ,212,ARTES,45,ARTIGO,8,Astral,1,Beleza,30,BRASIL,195,cabelos,1,CAPACITAÇÃO,1,CARIACIA,2,CARIACICA,1,CARNAVAL,17,CARNAVAL 2019,6,CARNAVAL DE VITÓRIA 2018,16,CARNAVAL DE VITÓRIA 2019,1,CARNAVAL DE VITÓRIA 2020,1,CARROS,5,CASTELO,2,CELEBRIDADES,9,CHUVA,4,CIDADES,514,Cinema,1,CLIMA,4,Coluna Aracruz em Foco,19,COLUNISTAS,6,COMPORTAMENTO,29,CONCEIÇÃO DA BARRA,1,COOPERATIVISMO,1,CORONAVÍRUS,34,CULINÁRIA,3,CULTURA,177,CURIOSIDADES,1,CURSOS E CONCURSOS,33,DECORAÇÃO,5,DESTAQUE,3085,DICAS DE BELEZA,17,DIREITO,1,DIVERSIDADE,6,ECONOMIA,220,EDUCAÇÃO,90,Eleições,5,Eleições 2018,1,EMPREENDEDORISMO,48,Empreendimento,6,EMPREGO,4,ENTRETENIMENTO,320,ENTREVISTA,4,ES,89,ESPORTE,163,ESTÉTICA,2,ESTILO,6,ESTILO DE VIDA,22,EVENTO,82,FÉRIAS,1,FESTAS,45,FINANÇAS,3,FISCALIZAÇÃO,1,FUNDÂO,3,GASTRONOMIA,42,GERAL,2184,Girando com Márcia Almeida,127,Giro Econômico com Ivoneide Souto,3,Giro Esportivo com Maike Trancoso,35,Giro Gourmet,23,GIRO SOCIAL COM RODRIGO DA COSTHA,38,Greve dos caminhoneiros,14,GUARAPARI,7,IBATIBA,5,IMÓVEIS,8,INOVAÇÂO,2,Inovação,4,Intercâmbio,1,INTERNACIONAL,75,Itaúnas,1,Iúna,1,JOÃO NEIVA,14,JUSTIÇA,99,LAR & CIA,1,LITERATURA,5,LITORAL,1,LOTERIAS,3,LUTO,3,Manifestação,1,MATÉRIA ESPECIAL,9,MATERNIDADE,1,MATHEUS THIAGO,17,MEIO AMBIENTE,23,MERCADO,2,MODA,55,MUNDO,27,MÚSICA,18,NA REAL,17,negocios,1,NEGÓCIOS,62,NOIVAS,3,NOTÍCIA,4,NOTÍCIAS,865,OPINIÃO,8,OPORTUNIDADES,70,PÁSCOA,1,pet,3,PETS,4,PLANTÂO,29,PLANTÃO,4,POLÊMICA,9,POLÍCIA,890,politica,3,POLÍTICA,212,POP,2,PRESENTES,1,PREVENÇÃO,6,Previsão do Tempo,65,PRFES,1,PROGRAMAÇÃO,3,promoção,1,Qual a Boa?,29,RELIGIÃO,10,RETROSPECTIVA,1,Réveillon,1,RIO DE JANEIRO,4,RJ,1,SANTA LEOPOLDINA,69,SAÚDE,398,SERRA,67,SOCIAL,159,SOLIDARIEDADE,28,SUSTENTABILIDADE,13,TEATRO,1,TECNOLOGIA,36,TEMPO E TEMPERATURA,25,TENDÊNCIA,4,TRÂNSITO,4,TURISMO,72,VARIEDADES,27,VENDA NOVA,2,VIANA,1,VÍDEOS,25,VILA VELHA,15,VITÓRIA,23,
ltr
item
GIRO ES : Consumidor capixaba já pode economizar com aplicativo Menor Preço
Consumidor capixaba já pode economizar com aplicativo Menor Preço
https://2.bp.blogspot.com/-LQSErNXuBdU/WrFWbYG81CI/AAAAAAAAHOA/fI7_Nq4FU1Eu8tkTbjqS74Yv7v4KP6a7wCLcBGAs/s1600/bruno.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-LQSErNXuBdU/WrFWbYG81CI/AAAAAAAAHOA/fI7_Nq4FU1Eu8tkTbjqS74Yv7v4KP6a7wCLcBGAs/s72-c/bruno.jpg
GIRO ES
https://www.giroes.com.br/2018/03/consumidor-capixaba-ja-pode-economizar.html
https://www.giroes.com.br/
https://www.giroes.com.br/
https://www.giroes.com.br/2018/03/consumidor-capixaba-ja-pode-economizar.html
true
2607315297385448184
UTF-8
Carregar todas as matérias Nenhum resultado encontrado. Ver mais Leia mais Responder Cancelar resposta Apagar Por Início Páginas Matérias Ver todas Veja também Tópico Arquivo Buscar Todas as matérias Nenhum resultado encontrado para sua busca Voltar ao início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo Há 1 minuto Há $$1$$ minutos Há 1 hora Há $$1$$ horas Ontem Há $$1$$ dias Há $$1$$ semanas Há mais de 5 semanas Seguidores Siga ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar