O sérvio Novak Djokovic voltou nesta quinta-feira a precisar virar um placar para avançar no ATP 250 de Doha, no Catar, em vitória sobre o georgiano Nikoloz Basilashvili, que valeu vaga nas semifinais do torneio.
O número 1 do mundo passou pelo adversário por 2 sets a 1, com parciais de 4-6, 6-3 e 6-4, em partida que durou uma hora e 56 minutos.
Na segunda rodada, Djoko também precisou promover uma reviravolta para eliminar o húngaro Marton Fucsovics, ao fechar partida em 4-6, 6-4 e 6-1, em exatas duas horas.
Nas semifinais, o sérvio terá pela frente o espanhol Roberto Bautista, sétimo cabeça de chave, que hoje derrotou o suíço Stan Wawrinka, por 2 sets a 0, com duplo 6-4, em uma hora e 45 minutos.
Ainda nesta quinta-feira, o italiano Marco Cecchinato, favorito número 4 do torneio, venceu o sérvio Dusan Lajovic partida fechada em sets diretos, com 7-6 (2) e 6-2, em uma hora e 13 minutos.
Pela frente na próxima fase, o 20º colocado do ranking mundial terá o tcheco Tomas Berdych, que hoje despachou o francês Pierre-Hughes Herbert por 2 sets a 0, com 6-2 e 6-4, em uma hora e 11 minutos.

Por Agência EFE.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
Topo