Bruno é suspeito de financiar assaltantes
no bairro Jacaraípe. Foto: PC
A equipe da Delegacia Especializada em Crimes Contra Estabelecimentos Comerciais (DCCEC) prendeu, nesta sexta-feira (18), Bruno Melo Salviano, de 29 anos. Ele é suspeito de adquirir e revender produtos de furtos e roubos. A prisão ocorreu no bairro Jacaraípe, em Serra. Durante a operação foram apreendidas duas armas de fogo.

Segundo o responsável pela DCCEC, delegado Fabiano Rosa, Bruno é proprietário de uma loja e assistência técnica de celulares.

“A operação foi desencadeada por meio de uma denúncia de que ele estaria comercializando smartphones oriundos de crime. Muitos desses celulares poderiam ter origens em furtos e roubos. Ainda no local, os policiais encontraram duas submetralhadoras calibre .380 de fabricação caseira. Em depoimento, o suspeito alegou que não comercializava os aparelhos. Sobre as armas, o detido afirmou que as estava guardando para uma pessoa que ele não conhecia”, conta Rosa.
Durante a operação foram apreendidas duas armas de fogo. Foto: PC.
O delegado informou ainda que as investigações continuam para comprovar a origem dos celulares.

Bruno foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV) e indiciado por receptação e posse ilegal de arma de fogo. Durante audiência de custódia, foi-lhe concedido o direito ao pagamento de fiança no valor de R$50 mil, não realizado pelo detido.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
Topo