Sintoma deve ser diagnosticado por especialistas. Saiba como prevenir e reagir a um episódio de tontura

A sensação de que tudo está girando, de que você está caindo, ou até mesmo de que vai desmaiar são tipos de tonturas que podem acometer pessoas de todas as idades, em especial mulheres e idosos acima de 60 anos. No verão, o calor pode tornar o sintoma mais frequente, no entanto, os episódios também podem indicar doenças mais graves em qualquer período do ano.

As tonturas são sintomas de quadros médicos, desde o mais simples, como falta de água no corpo, até doenças mais graves, como explica Lisandra Arima dos Santos, médica otoneurologista do Hospital IPO:  “A tontura é sempre uma sensação ilusória de um movimento que não é real. Pode ser causada pelas doenças do labirinto, doenças do sistema nervoso central, doenças circulatórias, cardíacas, ou até mesmo alterações metabólicas como anemia e colesterol alto”.

Os tipos de tontura, por sua vez, variam de acordo com sua causa. “Na hora do diagnóstico, o detalhamento do paciente é essencial para identificar a causa do sintoma. Tonturas tipo giratória, rotatória, mareio, de instabilidade e sensação de desmaio, por exemplo, indicam quadros diferentes, com tratamentos diferentes”, conta Arima. A ilusão de que seu corpo está em movimento, ou de que o espaço a sua volta está em movimento são alguns dos tipos de tontura, que passam a ser mais frequentes com a chegada do verão.

As altas temperaturas nessa época do ano podem estimular a transpiração e diminuir o nível de água no corpo, favorecendo quadros de desidratação. “O calor pode causar hipotensão, ou seja, baixar a pressão sanguínea quando a pessoa não está devidamente hidratada”, detalha Arima. “É importante lembrar que no calor, as pessoas transpiram bastante, o que é normal, mas elas nem sempre tomam água para repor a hidratação”.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição (SBAN), a perda de fluidos correspondentes a cerca de 2% do peso corporal já é suficiente para alterar o nível de atenção e disposição para atividades do dia a dia. Ainda, segundo os especialistas, o primeiro sinal de desidratação é a sede, que deve ser cessada logo em seguida para evitar sintomas indesejados.

Para prevenir tonturas em dias mais quentes e, saber como reagir em um quadro como esse, confira as dicas da Dra. Arima para passar o verão sem incômodos:

Medidas para evitar tonturas no verão
1. Se manter hidratado. Adultos saudáveis devem consumir em média 2 litros de água por dia;
2. Evitar exposição solar intensa para não causar transpiração excessiva;
3. Vestir roupas mais leves, tecidos que sejam bem arejados;
4. Ingerir alimentos mais frescos, como frutas e verduras, além de evitar alimentos pesados e gordurosos.

Primeiros cuidados ao sentir tontura
1. Sempre ficar de olhos abertos para ter maior apoio e noção de localização no espaço;
2. Sempre se sentar ou se apoiar para evitar acidentes;
3. Observar quais foram os sintomas que se manifestaram junto com a tontura;
4. Procurar um médico otorrinolaringologista para caracterizar o sintoma e identificar o melhor tratamento.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.