Muitas pessoas andam no carro ouvindo música na maior altura, mas isso pode ser um perigo. É que o som alto, principalmente quando tocado em ambientes fechados como os carros, pode causar danos irreversíveis à audição. Isso acontece porque as células e os nervos da orelha interna são destruídos por exposição contínua a barulho, o que provoca a perda auditiva.

“Quem gosta de ouvir música alta deve tomar muito cuidado com o volume, pois quanto mais alto o volume do som, maior é a pressão sonora, que pode ser aumentada em ambientes fechados como os carros. O som do carro não deve ultrapassar 85 decibéis, pois a exposição por um longo período de tempo pode causar lesões irreversíveis aos ouvidos.”, conforme afirma a fonoaudióloga responsável pela Audiovix Aparelhos Auditivos, Guilhermina Gomes.

Som auto e outros barulhos podem chegar aos 100 decibéis
e podem prejudicar a audição, de acordo com a
Dra Guilhermina Gomes. Foto Monica Zorzanelli.
Ela explicou ainda que, os sons provenientes do trânsito, da rua, do volume do rádio e das conversas dentro do carro quando somado, ultrapassam facilmente os 100 decibéis, o que é muito prejudicial à saúde auditiva e, ainda, causa estresse e perda da audição.

Os sintomas mais comuns, que podem indicar algum problema auditivo, são abafamento nos ouvidos, zumbido e sensação de surdez por minutos e até horas. Aos sinais desses sintomas, a orientação da fonoaudióloga é procurar um profissional para buscar diagnóstico precoce e preciso

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.