Mai12 - UN - Foto 05.24.12 P10
Foto: Reprodução TJES

O ex-prefeito de Santa Leopoldina, Idemar Endringer, foi novamente absolvido das acusações de ser o mandante do assassinato de seis pessoas em 2002. O segundo julgamento do caso aconteceu nesta quinta-feira (6) e levou mais de 13 horas de duração, com começo às 9h e término por volta de 22h30. O júri aconteceu no Fórum Graça Aranha, no centro de Santa Leopoldina, região serrana do Estado.

O primeiro julgamento aconteceu há 7 anos, em maio de 2012, quando Idemar foi absolvido. No entanto, o Ministério Público do Espírito Santo recorreu da decisão do júri e o segundo julgamento foi realizado. De acordo com o advogado Homero Mafra, um dos responsáveis pela defesa do ex-prefeito, Idemar está aliviado com a segunda absolvição.

"O processo acabou, em relação ao Idemar acabou. Eu acho que se fez justiça. Não tinha prova de participação de Idemar nesse caso. O Idemar se sente aliviado, ele sempre sustentou que sofria uma injustiça e essa injustiça foi reparada pela segunda vez. Avaliou o advogado do ex-prefeito.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.