Neste sábado (15), policiais militares do 5º Batalhão apreenderam uma arma de fogo, munições e diversos entorpecentes em um baile funk clandestino realizado em uma residência na localidade de Mar Azul, em Aracruz. Na ação, duas mulheres foram detidas e um adolescente foi apreendido.

Por volta das 23 horas, a equipe Força Tática recebeu denúncias de que em uma residência de Mar Azul estava acontecendo um Baile Funk e que um indivíduo estaria armado e comercializava entorpecentes na entrada do evento. De imediato, as equipes da Força Tática se deslocaram ao endereço informado e constataram a veracidade do evento. No local, havia aproximadamente 80  pessoas, sendo que alguns indivíduos estavam fora da casa fazendo uso de entorpecentes. Foi feito um cerco para conseguir realizar a abordagem dos indivíduos. Quando perceberam a presença dos militares, um dos indivíduos empreendeu fuga e desobedeceu a ordem de parada. Foi feito o acompanhamento e os policiais visualizaram o momento em que uma arma de fogo fora arremessada para fora da residência, sendo encontrada pela guarnição posteriormente. Devido o flagrante delito em questão, foi dado voz de abordagem a todos os envolvidos e iniciado as buscas na local. 

Com o menor J.P.T.M., 17 anos,  foram encontradas 05 buchas grandes e 14 buchas pequenas de maconha e a quantia de R$ 102,00 em espécie. Após buscas na residência, foram encontrados 09 frascos de material similar a “Loló”; 03 pinos e 14 papelotes de cocaína; 01 cigarro e 01 bucha de maconha; 06 dichavadores para triturar material entorpecente; 09 comprimidos de ecstasy; 01 rádio comunicador e uma Pistola CAL. 380 municiada com 14 munições de mesmo calibre. Foi constatado também que havia muitos menores de idade no local, de ambos os sexos, fazendo uso de bebidas alcoólicas e possivelmente material entorpecente. Ao perguntar quem seria o responsável pelo evento, se apresentaram as senhoras L.B.S., 20 anos e S.S.M., 19 anos. 

Diante dos fatos, os detidos, juntamente com todo material apreendido, foram encaminhados ao plantão policial local para o registro das ocorrências.