Das 1.700 pessoas entrevistadas, a maioria (64,5%) revelou estar à procura de alguém para um relacionamento sério. foto: Divulgação.
Inúmeros preconceitos rondam os usuários que optaram por uma relação diferente dos padrões tradicionais. No caso do relacionamento sugar, os objetivos dos parceiros estão claros desde o início. Pautados pela transparência, sugar babies, daddies e mommies – respectivamente jovens atraentes e ambiciosos e pessoas maduras e bem-sucedidas – fazem dos acordos pré-estabelecidos a base da relação.

Muitos acreditam que os fundamentos sugar induzam a relacionamentos por interesse, exclusivamente passageiros. Mas, pesquisa recente entre os usuários da plataforma MeuPatrocínio indicam o contrário. Das 1.700 pessoas entrevistadas, a maioria (64,5%) revelou estar à procura de alguém para um relacionamento sério e 3,8% pretendem casar e constituir família. Aqueles que desejam continuar solteiros e apenas curtir são 31,7%.

Todos reconhecem que cada opção tem as suas vantagens e desvantagens, depende muito da fase da vida. Para quem quer compartilhar todos os momentos, bons ou ruins, preencher carências e exercitar a tolerância, compreensão e entrega, o namoro é o mais indicado. Lembrando sempre que uma das maiores dificuldades é aprender a conviver com as diferenças. Para quem quer continuar totalmente independente, sem satisfações a dar e sem se preocupar com os momentos de solidão, o melhor é permanecer sozinho (a), cultivando as amizades e parceiros eventuais. Mas, a transição entre as opções nem sempre é programada. Marcelo F., 57 anos, empresário, conta que entrou no site MeuPatrocínio buscando uma companhia agradável para as viagens que faz constantemente a trabalho. “Saí com algumas babies sem nenhum compromisso e foi ótimo. Terminada a relação, permanecíamos amigos. Até que conheci Mariana, uma universitária do último ano de direito. Aí senti a diferença! Mulher incrível, de 28 anos, inteligente, carismática, divertida, sabe muito bem o que quer. Foi fulminante! Estamos juntos há um ano e estamos fazendo planos para oficializar a nossa união. Não era o que eu pretendia, mas absolutamente inevitável”, conta Marcelo, contribuindo para a estatística apontada na pesquisa.

O relacionamento sugar tem como vantagem evitar frustrações futuras, deixando evidente entre os parceiros o que pretendem e esperam desde o início. Com expectativas alinhadas, menos surpresas. Mudar de patamar, de amizade para um namoro ou de um namoro para um casamento, é uma questão de escolha e de um novo acordo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.