Expansão das vendas em shoppings deve chegar a 7% em 2019, segundo Abrasce. Otimismo do setor tem impulsionado abertura de novas lojas e criação de empregos
 

O segmento varejista tem dado constantes sinais de reaquecimento para uma retomada sustentável. Este novo cenário se confirma diante do último levantamento realizado pela Abrasce sobre o desempenho das vendas em shoppings no Brasil. De acordo com a associação que representa o setor, as vendas do mês de maio subiram 9,8% sobre o mesmo período de 2018. Este foi o segundo melhor desempenho mensal de 2019. No Espírito Santo, o varejo total (que engloba lojas de rua, shoppings, entre outros nichos), a alta foi de 7,9% nos três primeiros meses do ano.

Este otimismo já verificado no setor desde janeiro tem estimulado a criação de novos negócios e a geração de empregos. Diversos centros de compras registraram crescimento da procura e fechamento de contratos para locação de novos espaços no primeiro semestre do ano. Somente no Shopping Vitória, foram inauguradas oito operações até julho. São elas: La Vitta, Morana, Music Store Instrumentos Musicais, Natura, Tim, Bio Mundo, Ricks Burger, Dirceu Paigel, Jah do Açaí, Game Mania, Five Sport Bar, Parada Ibiraçu e Nanna Neném.

Para este segundo semestre do ano já existem 13 pontos negociados, com inaugurações previstas para a segunda quinzena do mês de julho. Entre as marcas confirmadas estão a Shoulder, Casa das Cuecas, Monte Carlo, Criamigos, Casa Bauducco, Kopenhagen, Urbanos, Bacio di Latte, Florence, Padaria Monza, Mr. Captain, Eurocolchões e Chocolates Brasil Cacau.

De acordo com Raphael Brotto, diretor geral do Shopping Vitória e coordenador regional da Abrasce no Espírito Santo – Associação Brasileira de Shopping Centers -, o varejo, sobretudo o nicho de shopping, está otimista com relação à retomada do consumo.

“Já notamos uma melhora do poder de compra do brasileiro, incluindo dos capixabas. Acreditamos que a fase mais aguda da crise econômica tenha passado. Esperamos que a Reforma da Previdência seja votada com a máxima urgência. Sua aprovação é importante para o reequilíbrio das contas públicas, retomada da economia com geração emprego e o reestabelecimento da confiança do mercado interno e externo para descongelar investimentos que estão parados aguardando o desfecho da reforma”.

Oportunidades de emprego

As novas operações do mall devem demandar cerca de 100 vagas, entre empregos diretos e indiretos, com chances para profissionais com ou sem experiência. Os interessados deverão ser maiores de 18 anos, com ensino médio completo, além de ter disponibilidade para trabalhar nos finais de semana, incluindo feriados.

Na loja Shoulder, que tem abertura prevista para a próxima quinta-feira (11), existem 11 oportunidades para os cargos de gerente, vendedor e operador de caixa. Os interessados podem enviar currículo para o e-mailjosiana.oliveira@shoulder.com.br. Já as demais vagas serão disponibilizadas no site www.shoppingvitoria.com.br, na seção “Mural de Vagas”, de acordo com a fase de contratação para inauguração de cada novo estabelecimento.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
Topo