Ondas gigantes em pleno litoral capixaba. Por conta dos ventos fortes e formações de corais a 5 quilômetros da Praia da Costa, em Vila Velha, surfistas do Espírito Santo conseguiram surfar ondas neste domingo (21) que, segundo eles, podem ter atingido 10 metros de altura.
Um dos surfistas que enfrentou as gigantes foi Lucas Medeiros, de 24 anos. Capixaba, ele conta que já surfa há 10 anos e só encontrou ondas assim no Hawaí e no Taiti. 
"Vimos ondas de 8 a 10 metros de altura aqui. Nunca tinha visto nada igual aqui no Brasil. Para nós surfistas, temos que viajar muito para conseguir encontrar ondas assim. Em uma delas, eu tomei um caldo, ou vaca como costumamos chamar, que me deixou muito tempo debaixo d'água. É como se você estivesse dentro de uma máquina de lavar. Cheguei a cuspir sangue e minha prancha foi completamente destruída", conta.
O local onde as ondas foram surfadas é chamado pelos surfistas de Laje da Avalanche, uma formação de corais a 5 quilômetros da praia, que é propícia para a formação de ondas com boas condições de serem surfadas.
"É um local que foi descoberto há algum tempo por bodyboarders locais, mas que não tinham estrutura suficiente para fazer esse registro e dar segurança para os surfistas. Conseguimos trazer, com a ajuda de patrocinadores, jet skis que conseguem puxar a gente para dentro dessas ondas, além da equipe que filma e tá ali caso haja alguma dificuldade", conta.
Segundo Medeiros, a Laje da Avalanche tem chamado a atenção de surfistas do cenário nacional e a onda surfada neste domingo em Vila Velha, pode ter sido uma das maiores já surfadas no Brasil.
"Depois de pegar uma onda dessas, o que passa na nossa cabeça é de que somos muito frágeis em relação ao mar. Mesmo Assim, a sensação que fica é de uma vitória muito grande", descreve.
fonte: Folha Vitória

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
Topo