O presidente Jair Bolsonaro vai se licenciar do cargo por três dias para ser submetido a uma cirurgia de correção de uma hérnia incisional. O procedimento será realizado na manhã do próximo domingo (8), no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo.
A partir de domingo, o vice-presidente, Hamilton Mourão, assumirá o governo. A previsão, segundo o Palácio do Planalto, é que Bolsonaro retome o cargo já na quarta-feira (11). O presidente deverá despachar do hospital, enquanto se recupera.
Acompanharão o presidente, durante a internação, em São Paulo, a primeira-dama, Michelle, e dois de seus filhos: o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador carioca Carlos Bolsonaro.
Cirurgias
Esta é a quarta vez que Bolsonaro se submete a uma cirurgia, desde que sofreu um atentando à faca, no dia 6 de setembro do ano passado, em Juiz de Fora (MG), durante a campanha eleitoral. Responsável pelas duas últimas cirurgias, o médico Antônio Luiz Macedo constatou a necessidade de correção de uma hérnia incisional no presidente, na mesma região do abdome onde foram realizadas as intervenções para o tratamento das ferimentos causados pela facada.
*Com informações da Agência Brasil

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
Topo