Crédito: Reprodução/Google Earth
O mistério sobre o desaparecimento de um homem durou 22 anos e terminou com a ajuda de uma ferramenta de pesquisa da internet. A família do americano William Moldt finalmente encontrou o corpo dele em um lago, no condado de Palm Beach, na Flórida (EUA), a partir de fotos do Google Earth - aplicativo que mostra imagens de satélite de locais de todas as partes do mundo.

Segundo informações do jornal Extra, o corpo do homem desaparecido foi descoberto por um ex-morador do bairro Wellington, que não teve a identidade revelada. Ele usou a ferramenta para olhar imagens da região e percebeu que havia algo submerso em um lago atrás de uma das propriedades e decidiu alertar o morador atual da residência.

Com a ajuda de um drone, essa pessoa conseguiu confirmar a presença de um objeto dentro do lago e chamou a polícia, que encontrou um veículo bastante calcificado dentro da água com um esqueleto dentro.

O material foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal da cidade, que confirmou que os restos mortais encontrados no veículo eram de William. A confirmação foi na última terça-feira (10).

Segundo a família, William tinha 40 anos quando desapareceu em 1997. Ele foi visto pela última vez saindo sozinho de um bar em Palm Beach e, no último telefonema para a namorada, disse a ela que voltaria em breve para casa.

Ele entrou em seu veículo por volta das 23 horas, aparentemente sem sinais de embriaguez ou intoxicação. Depois disso, nunca mais foi visto com vida. Para a polícia, a hipótese é que ele tenha perdido o controle do carro e caído no lago.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
Topo