Como forma de homenagear personalidades físicas e jurídicas que trabalham em benefício da pessoa com deficiência intelectual e múltipla, a Federação das Apaes do Estado do Espírito Santo (Feapaes-ES), realiza a 6ª edição do Prêmio Maria Luiza Dadalto nesta quuinta-feira (12), no Salão São Tiago, no Palácio Anchieta, a partir das 10h.

O evento contará com a presença do presidente da Feapaes-ES, Vanderson Pedruzzi Gaburo e do governador do estado, Renato Casagrande, dentre outras autoridades, além dos Autodefensores Estaduais, colaboradores, usuários das Apaes e suas famílias.

Este ano serão homenageados o senador Romário de Souza Faria, que tem como principal bandeira a defesa da pessoa com deficiência, Sabina Joanna Berger Uliana, pedagoga nascida em Santa Maria de Jetibá, fundadora da Apae deste município e primeira professora pomerana do Espírito Santo, e Marlene Felisberto Fiorot (em memória), que trabalhou como professora por 30 anos e participou ativamente da fundação da Pestalozzi de Linhares e da criação da Federação das Associações Pestalozzi do Estado do Espírito Santo.

Durante o evento também será lançada a “Cartilha Orientativa – Programa de Autogestão e Autodefensoria”, um material estruturado com o objetivo de fortalecer o programa de Autogestão e Autodefensoria nas Apaes, destacando pontos fundamentais para a pessoa com deficiência intelectual: a eliminação de rótulos, o respeito à identidade própria, a autonomia e participação e a defesa dos seus próprios direitos. 

“Esperamos que esse documento possa contribuir nessa direção e auxiliar a construção de espaços de participação e estímulo para o protagonismo das pessoas com deficiência intelectual”, afirma Gaburo. 

Realizado anualmente desde 2014, o prêmio leva o nome da professora Maria Luiza Dadalto, que se dedica há mais de 50 anos à causa apaeana no estado. Ela contribuiu para a criação de Apaes e para a fundação da Feapaes-ES, e, até hoje, atua com dedicação em prol da pessoa com deficiência intelectual e múltipla.

O movimento apaeano no Espírito Santo 

A Feapaes-ES, fundada em 1992, é uma instituição sem fins econômicos, voltada para a melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência intelectual e múltipla e para a atuação sustentável das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) no Espírito Santo e suas demais filiadas, formando juntas o movimento Apae-ES. 
A instituição desenvolve ações de defesa e garantia de direitos, promoção da cidadania, assessoramento, formação e capacitação na área da deficiência intelectual e terceiro setor, articulação no âmbito das políticas de assistência social, educação, saúde, outras políticas transversais, estudo e pesquisa, congregando 42 instituições filiadas em 39 municípios do estado.

Serviço:

6ª Edição do Prêmio Maria Luiza Dadalto
Data: 12 de setembro
Horário: 10h
Local: Palácio Anchieta, sede do Governo do Estado do Espírito Santo
Homenageados:
  • Romário de Souza Faria, Senador pelo estado do Rio de Janeiro e ex-jogador de futebol profissional, que tem como principal bandeira a defesa das pessoas com deficiência, motivado pelo fato de sua filha ter Síndrome de Down;
  • Sabina Joanna Berger Uliana, pedagoga nascida em Santa Maria de Jetibá e primeira professora pomerana do Espírito Santo;
  • Marlene Felisberto Fiorot (em memória), que trabalhou como professora por 30 anos e participou ativamente da fundação da Pestalozzi de Linhares e da criação da Federação das Associações Pestalozzi do Estado do Espírito Santo.

Programação:
A programação contará com apresentação cultural/artística da Banda Fanfacongo, da Apae de Cariacica, pronunciamento do presidente da Feapaes-ES, dos Autodefensores Estaduais e do governador do Estado do Espírito Santo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
Topo