Arthur Telles lança “A performance do Samba Batucado: sua adaptação para bateria"

O Museu do Colono, em Santa Leopoldina, recebe, nesta quinta-feira (19), o lançamento do livro "A Performance do Samba Batucado: sua adaptação para bateria", do baterista e professor Arthur Telles. A publicação traz a pesquisa de mestrado do autor, que aborda o processo de adaptação dos instrumentos típicos de percussão do samba para serem executados em uma bateria. O evento começa às 18 horas e a entrada é gratuita. O livro será vendido pelo valor de 40 reais.
 De acordo com o Arthur, a publicação foi criada para cobrir a escassez bibliográfica específica a respeito da bateria no samba e apresenta exemplos práticos da condução do instrumento. “Eu abordo teoricamente o processo de adaptação dos padrões rítmicos, tímbricos e os modos de articulações dos instrumentos típicos de percussão do samba para bateria. Nele, eu destaco as possibilidades de performance na bateria geradas pelas combinações de levadas dos instrumentos de percussão”.

No evento, o autor também fala sobre a sua trajetória pessoal e profissional, e sua relação com o município. Nascido e criado em Santa Leopoldina, Telles mudou para Vitória aos 18 anos para fazer faculdade de Música na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).
“O primeiro lançamento do livro na minha cidade tem, sobretudo, um grande valor simbólico para minha história e também do município. Acredito que minha história e trajetória possam servir de inspiração para diversos jovens da cidade que estejam buscando formas para viver de música e arte profissionalmente”, destaca.

Conheça o Museu do Colono
Localizado em Santa Leopoldina, o Museu do Colono é um museu-casa com mobiliário pertencente à família Holzmeister, imigrantes da Áustria. Os descendentes viveram na residência de 1877 até 1969, quando o Governo do Estado adquiriu o imóvel, que hoje é patrimônio tombado pelo Conselho Estadual de Cultura. O museu reproduz o ambiente residencial da família Holzmeister, com mobiliário, utensílios, objetos decorativos, obras de arte, livros e documentos particulares, escrituras, cartas, bilhetes e cartões.

Após a última reforma em 2018, cerca de 500 itens entre móveis, obras de artes, fotografias e documentos em geral foram restaurados além das obras no próprio prédio do museu. Obras de acessibilidade para permitir o acesso de pessoas nos dois pavimentos foram feitas. Uma rampa e um elevador foram construídos para facilitar o acesso de turistas e visitantes. O local está aberto de quarta-feira a domingo, das 09 às 17 horas.

Serviço:Lançamento do livro "A Performance do Samba Batucado: sua adaptação para bateria", de Arthur Telles.
Data: 19/09 (quinta-feira).
Horário: 18 horas.
Entrada gratuita.
O livro será vendido pelo valor de 40 reais.
Local: Museu do Colono, Avenida Presidente Vargas, 1501 - Santa Leopoldina. Mais informações: (27) 3266-1250 ou pelo e-mail: museudocolono@secult.es.gov.br.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
Topo