Como no caso de Fernanda Souza e do cantor Thiaguinho, as relações que envolveram muita paixão e amor, um dia, podem chegar ao fim. Quando terminam sem conflitos e brigas, uma amizade verdadeira ainda pode ser preservada. Os relacionamentos, extremamente romantizados, não resistem às expectativas fantasiosas e ao fator tempo. A forma de finalizá-los vai depender da maturidade do casal e do respeito construído no decorrer da relação.

Especialistas afirmam que um dos caminhos para curar as feridas é olhar com gratidão para tudo o que o casal viveu, reconhecendo o papel importante que o parceiro desempenhou na vida do outro. Mesmo nos relacionamentos sugar, as separações deixam marcas, mas, por estarem fundamentados em objetivos alinhados e expectativas claras, talvez provoquem menos traumas emocionais e, consequentemente, abram caminho para uma amizade sincera. Foi o que experimentou Marília, estudante de enfermagem, de 28 anos. “Tive uma relação muito intensa com meu daddy por dois anos. Eu o conheci no site MeuPatrocínio depois de buscar criteriosamente por alguém que tivesse o perfil desejado. Fazíamos tudo juntos, estava muito apaixonada. Ele foi transferido para Singapura e gostaria que eu tivesse ido junto. Uma decisão muito difícil para mim, mas não queria abrir mão dos meus estudos e da carreira. Conversamos bastante e decidimos seguir com as nossas vidas separadamente. Continuamos amigos, falamos sempre por skype e ele faz questão de acompanhar a minha vida mesmo à distância. Já estamos em outros relacionamentos, mas o carinho continua. Gosto muito de saber que ele ainda se preocupa comigo e conseguimos manter uma amizade sincera, com muito carinho um pelo outro”.

Para Ana Luiza, 30 anos, arquiteta, o que era para ser uma relação afetiva acabou se transformando em uma grande amizade e em uma parceria comercial. “Conheci o meu daddy, um verdadeiro mentor, no MeuPatrocínio, em 2017. Moro em São Paulo e ele no Recife. Passamos um tempo conversando virtualmente e descobrimos muitos pontos em comum. Ele veio para São Paulo e, ao invés de iniciarmos uma relação afetiva, consegui um investidor para o meu empreendimento. Sempre quis montar um escritório de design de interiores com uma amiga e ele foi o sócio investidor! A nossa relação é marcada pela confiança e amizade, trocamos muitas experiências, ele continua me incentivando e atua como um consultor para todas as horas”.

A plataforma MeuPatrocínio, pioneira no relacionamento sugar e com mais de três anos de atuação, registra diariamente histórias de amizade entre daddies e babies que demonstram maturidade ao lidar com o fim dos relacionamentos, mantendo o princípio da clareza e transparência no alinhamento das expectativas, permitindo que uma amizade prevaleça e seja duradoura mesmo com o fim de uma paixão.