Foto: Hélio Filho/Secom
Uma grande comemoração marcou, na manhã deste domingo (1º), a entrega das obras de ampliação e modernização da Avenida Leitão da Silva, em Vitória. O governador do Estado, Renato Casagrande, chegou ao local da inauguração de bicicleta, já utilizando a nova ciclovia – que se estende por todo eixo central da avenida. Logo após o desenlace da fita de inauguração, o governador, acompanhado de secretários de Estado, do o vice-prefeito de Vitória, Sérgio Sá, e de outras autoridades, participou de um desfile de carros antigos e motocicletas nos três quilômetros de extensão da via.

As obras foram iniciadas em 2014, mas foi somente a partir de janeiro deste ano que o ritmo das intervenções se intensificou. O Governo do Estado estabeleceu a conclusão das obras como uma de suas prioridades. Desta forma, houve um aumento das frentes de trabalho e de maquinários. A carga de trabalho também foi ampliada, com serviços durante os finais de semana.

Com três quilômetros de extensão, a avenida se estende da Rua Dona Maria Rosa à Avenida Beira-Mar. Além de novo pavimento, a via passou a ter três faixas de rolamento em cada sentido, ciclovia em seu eixo central – onde antes havia um canal aberto –, calçada cidadã, nova sinalização (semafórica, horizontal e vertical) e sistema de drenagem.

Em sua fala, o governador Casagrande destacou a relevância da obra para a melhoria do trânsito em toda Grande Vitória, já que a via é um corredor metropolitano auxiliar para a mobilidade regional:

“Estamos cumprindo o compromisso que fiz no dia 1º de janeiro, logo quando assumi o Governo, que era entregar as obras da Leitão da Silva ainda este ano. Hoje é 1º de dezembro e só não entregamos a obra antes porque choveu muito nos últimos dias. É uma obra que valoriza toda essa região, que dá ânimo de novo aos comerciantes e possibilita um trânsito melhor. Parabéns a todos que participaram que fizeram a sua contribuição pra a obra chegar nesse ponto”, disse Casagrande.

Outra intervenção que facilitou o tráfego foi a implantação de uma nova rua para quem quer seguir para a Avenida Rio Branco. O acesso é a partir da Avenida Leitão da Silva, na esquina da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM)Desembargador Carlos Xavier Paes Barreto, seguindo pelas ruas Misael Pedreira e Elias Tommasi Sobrinho.

Durante os trabalhos houve necessidade de interdição de parte da avenida. À medida que a obra avançava, trechos eram liberados ao tráfego, beneficiando os motoristas e moradores dos bairros do entorno da avenida como Andorinhas, Itararé, Gurigica, Santa Lucia, Santa Luiza e São Benedito.

Os serviços que mais demandaram mão de obra durante a execução das intervenções foram os da implantação da micro e macrodrenagem, correspondendo a cerca de 70% de todo o investimento. A macrodrenagem é um conjunto de obras que tem como objetivo melhorar o escoamento da água de forma a diminuir os problemas com erosão, assoreamento, enchentes e inundações.

Um dos grandes reservatórios captadores de água, chamado de caixa de junção, foi construído na altura da Rua José Farias (rua dos Correios). Com 70 x 20 metros, ela tem a capacidade de coletar 2,6 milhões de litros de água e faz a ligação do sistema de drenagem de Maruípe com a Estação Cândido Portinari.

“No primeiro dia de trabalho estabelecemos que a conclusão da Leitão da Silva seria nossa prioridade máxima e assim o fizemos. Ampliamos não só maquinário e pessoal, mas também a carga horária de trabalho. Nossa equipe acompanhou diariamente o desenvolvimento das obras. A nova Leitão da Silva já é uma realidade com impacto direto de melhoria na mobilidade da Grande Vitória”, disse o diretor-geral do Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), Luiz Cesar Maretto Coura.

O secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, também falou sobre importância da via para a mobilidade e o empenho da equipe de Governo para realizar essa entrega.

“A Avenida Leitão da Silva é um eixo viário muito importante para a mobilidade da Região Metropolitana. Foi uma obra que enfrentou muitos desafios, exigiu paciência de quem precisava usar a via e principalmente dos comerciantes e moradores da região. Desde o primeiro dia de Governo, nossas equipes se dedicaram muito para concluir essa obra. Era muito trabalho que ainda precisava ser executado, mas sabíamos que a população não podia mais esperar. Felizmente conseguimos cumprir nosso compromisso e agora a Região Metropolitana recebe essa nova via de seis faixas, com ciclovia e uma nova drenagem”, disse.

Durante o evento, o governador Casagrande citou ainda novos investimentos do Governo do Estado em mobilidade, que devem ser anunciados em breve, como o Portal do Príncipe, ampliação da Terceira Ponte e o viaduto de Carapina. “São obras de infraestrutura, além de investimentos no transporte coletivo para a gente melhorar a mobilidade”, afirmou.