O prefeito Neto Barros do município de Baixo Guandu, no Noroeste do Espírito Santo, em uma transmissão no Facebook feita na noite desta quarta feira (25), confirmou o primeiro caso suspeito de coronavírus do município.

Acompanhado pela secretaria municipal de Saúde, Terezinha Bolzani, o prefeito informou a população os detalhes dessa primeira suspeita do vírus em Baixo Guandu-ES.
Conforme as informações repassadas pelo chefe do Executivo, a suspeita é de uma mulher que trabalha na área da saúde no município de Colatina mas é moradora de Baixo Guandu.

Conforme o prefeito ela teria ido ao Estado do Rio de Janeiro participar de um curso. Foi constatado que uma pessoa que também estava fazendo o mesmo curso, testou positivo para o coronavírus.
Sendo assim todas as pessoas que fizeram o curso passam a ser suspeitas e tem que ser investigadas. A paciente está em isolamento domiciliar e já fez os exames e agora vai aguardar o resultado para confirmar ou não o vírus.

Conforme disse a secretária de Saúde a paciente está bem e sendo assistida e monitorada pela equipe de saúde do município. A expectativa é que entre amanhã ou no máximo sexta feira (27) o resultado esteja pronto.

O prefeito lamentou o caso e pediu a secretária que redobre a atenção na vigilância e nas ações de combate a disseminação do vírus na cidade. Neto assegurou então que a quarentena e as restrições na circulação de pessoas vão continuar firmes no município.
Fonte A Tribuna do Vale