Featured Posts

Municípios do Espírito Santo são destaques em programa de educação desenvolvido com apoio da Suzano

Fundão, Ibiraçu, Conceição da Barra e Aracruz foram destaque na cerimônia de reconhecimento, que aconteceu no dia 11 de fevereiro, em São Paulo.

Projetos desenvolvidos no Espírito Santo foram destaques na Premiação da Parceria pela Valorização da Educação (PVE) – 2019, um programa do Instituto Votorantim apoiado pela Suzano. A cerimônia de reconhecimento aconteceu no dia 11 de fevereiro, em São Paulo, e reuniu secretários e técnicos de Educação dos 101 municípios participantes.

As frentes de Gestão Educacional (Fundão), Mobilização Social (Ibiraçu), e Rede Jovem (Conceição da Barra/Aracruz) foram reconhecidas pelas ações desenvolvidas ao longo do ano e que contribuíram diretamente com melhorias na área de educação. A avaliação levou em consideração critérios como abrangência, capilaridade, envolvimento de diversos setores, entre outros.

Dentre as premiações recebidas pelos projetos está a viagem ao município de Sobral, no Ceará, região considerada referência em educação em âmbito nacional. Os municípios premiados terão a oportunidade de conhecer as principais iniciativas responsáveis pelo excelente resultado, além de compartilhar conhecimento e vivência.

Para a secretária municipal de Fundão, Magda Luiza Bertolini Tótola, a parceria através do PVE foi essencial para despertar novas ideias. “Um projeto que surgiu para alavancar a educação do município. A experiência nos proporcionou reflexões capazes de nos tirar da zona de conforto, para que pudéssemos repensar profundamente. A mentoria com a professora e gestora pública Claudia Costin foi um divisor de águas. Ao longo de oito encontros, ela ouviu nossas demandas e nos orientou, compartilhando parte de sua ampla vivência no assunto”, reflete.

Em Ibiraçu, a secretária municipal de Educação, Valeria dos Santos Rosalem, notou um aumento significativo da participação da comunidade nas ações de incentivo à leitura. "Conquistar o prêmio na categoria Mobilização Social nos autoriza a afirmar que as nossas comunidades fazem parte do grande desafio que é melhorar a qualidade da educação do município. Não é uma tarefa fácil, mas, quando realizada com a participação, engajamento e, principalmente, sentimento de corresponsabilidade, os resultados são o que nossos alunos têm por direito: um avanço crescente e contínuo na qualidade da aprendizagem”, pontua.

Postar um comentário

0 Comentários